Interações II (série Derivas do corpo-cor amorfo)
2021

Intervenção urbana performática, Porto Alegre/RS

Dimensões variáveis

Fotografia e registros: Ingrid Bellenzier

Edição: Rodrigo Onzi

Fonte: Acervo pessoal da artista (2021)

Intervenção urbana performática, Porto Alegre/RS

Dimensões variáveis

Fotografia e registros: Iury Fontes.

Edição: Rodrigo Onzi

Fonte: Acervo pessoal da artista (2021)

Interações II aconteceu em Porto Alegre, na Praça João Paulo I, no bairro Santana. Esse espaço e sua composição eram muito curiosos: os bancos da praça não ficavam de frente uns para os outros, mas, sim, de costas, e com uma distância de mais de 1,5 m entre um banco e outro. Ao sentar-se, um indivíduo permaneceria com suas costas voltadas para as outras pessoas que, possivelmente, também estariam compartilhando da mesma experiência, e o seus olhares seriam forçadamente direcionados para uma única parte específica e diferente da Praça: como se os banos determinassem exatamente o ponto de vista que você deveria ter para observar aquele espaço, dificultando o contato do olho no olho. Por lógica, o espaço coletivo seria para, de uma forma ou outra, coletivizar. Soa um tanto quanto distanciado pensar em formas de socializar com outros indivíduos ou até com o espaço quando a própria estrutura do mobiliário se impõe como propositora de uma não interação. Interações II busca, dessa forma, habitar esse espaço e interagir com os itens do mobiliário de modo a uni-los e, por intermédio do corpo-cor amorfo, criar uma rede de coletivização.